Video of Day

01/05/2013 - Redação|Ratual

A história conta que no dia 1º de maio de 1886, trabalhadores americanos da cidade de Chicago, foram as ruas reivindicarem melhores condições de trabalho, como a redução da jornada de trabalho para 8 horas diárias. Esse ato gerou uma greve geral dos trabalhadores americanos. O protesto ocasionou um conflito com a polícia, acarretando na morte de alguns manifestantes. Alguns dias depois, no dia 4 de maio, foi organizado mais um protesto, contra a atitude da polícia anteriormente, e mais uma vez ocorreu o embate entre policiais e manifestantes, consequentemente sete policiais e 12 manifestantes foram mortos.

A Segunda Internacional Socialista, dois anos depois, escolheu o dia 1º de maio com um dia para lutar por melhores condições de trabalho, como forma de homenagem ao manifesto de Chicago.

Aqui na terra tupiniquim a data é comemorada deste 1895 e o presidente Artur Bernardes decretou, em setembro de 1925, como feriado nacional o dia 1º de maio, Dia do Trabalho.

Dia do Trabalho, data esta, que atualmente, é comemorada com festa nas principais cidades brasileiras, também traz manifestos em busca de melhores condições aos trabalhadores. Infelizmente, ainda, existe localidades onde o trabalhador é submetido à serviço "escravo", onde empregadores se acham no direito de serem "donos" de seus funcionários. CARIMBO

Os trabalhadores brasileiros, ao longo desses anos, conquistou diversos direitos e garantias, como a PEC das domésticas que garante maiores benefícios à essa classe trabalhadora. Lembremos também a criação da CLT (Consolidação das Leis do Trabalho) em 1º de maio de 1943, que veio com intuito de valorizar o trabalhador, lhe garantindo as condições mínimas de trabalho.

Muito se tem a fazer, o Brasil engatinha na busca pela valorização de seus trabalhadores, garantir, o mínimo, de seus direitos é uma obrigação dos nosso governantes. Salário digno, capacitação, melhores condições influi diretamente na produtividade do trabalhador. Garantir os direitos dos trabalhadores é garantir o crescimento do país.

0 comentários:

Postar um comentário