Video of Day

O desenvolvimento econômico começou com Roberto Terassi no governo

clip_image002 clip_image004
Ex-Vice Prefeito Roberto Terassi, Dep.. Estadual Geraldo Cruz e Prefeito De Embu das Artes Chico Brito

Homenagem ao homem que mudou a história de Embu das Artes: Roberto Terassi

Lei Terassi entra em vigor, fato histórico.

Depois de 30 anos de luta, nova lei dos Mananciais (já apelidada de “lei Terassi” é sancionada).

O último passo para a consolidação da nova legislação dos mananciais, que irá regular o uso e a ocupação das áreas dentro da Bacia Cotia/Guarapiranga, aconteceu no dia 17/01, quando o governador Geraldo Alckmin sancionou a Lei Especifica, complementar a lei que determinava a regulação das Bacias Hídricas do Estado.

Um importante avanço para região sudoeste, a nova lei e sua sanção põem fim á luta de quase 10 anos pelo avanço econômico da região.

Uma ideia Ratualizada, chamada de Lei Terassi em homenagem ao homem que levantou a bandeira pela aprovação da lei há uma década: Roberto Terassi, vice prefeito e ex-presidente da Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Embu (Acise).

O Ato aconteceu no Palácio dos Bandeirantes, o Robertão estava lá.

A cerimônia teve inicio às 14hs e contou com a presença do governador Geraldo Alckmin e de seu vice Claudio Lembo, dos secretários Arnaldo Madeira (Governo e Casa Civil), José Goldemberg (Meio Ambiente) Mauro Arce (Energia e Recursos Hídricos), de deputados estaduais e de demais autoridades de autarquias do Estado, além dos prefeitos da região Sudoeste, mais Cotia e Vargem Grande Paulista.

Estiveram ainda presentes diversos vereadores, autoridades e empresários dos municípios que se fizeram representar.

Nos discursos a ênfase foi pelo desenvolvimento que a nova legislação possibilitará. “Esta sempre foi à meta do nosso governo”, disse Alckmin.

Para o prefeito de São Lourenço da Serra e também presidente do Subcomitê Cotia/Guarapiranga, José Merli, o passo na direção do desenvolvimento já foi dado. “Será um salto muito grande para a região”, ponderou. “Aliás, o ex-prefeito Merli, foi um dos grandes apoiadores da Lei Terassi.” Ratualizado

Aprovação e sanção vem depois da longa luta

De acordo com o vice prefeito de Embu, Roberto Terassi, a vitória teve um sabor especial: esta luta de quase dez anos começou sob sua primeira gestão a frente da Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Embu (Acise). “Graças a Deus conseguimos mobilizar políticos e sociedade civil organizadora para atingirmos a aprovação da lei”, ressalta.

Com sua capacidade de arregimentar e cooptar companheiros para a causa, Terassi pode expandir a luta para além da cidade de Embu, tornando – a uma bandeira da região, que é atingida pela área de Proteção aos Mananciais. “Vale citar o empenho de políticos como os atuais prefeitos Geraldo Cruz (Embu) e Jorge Costa (Itapecerica da Serra) e seu antecessor, Lacir Baldusco, bem como o atual prefeito de São Lourenço da Serra José Merli e do Capitão Lener Ribeiro, que o antecedeu, além do prefeito de Juquitiba Roberto Rocha”, ressalta. Citou ainda outro dois nomes como o de Valter do Posto de Embu – Guaçu e Fernando Fernandes (ex prefeito de Taboão da Serra).

“Tivemos ainda pessoas ligadas a empresas que tiveram importância capital na nossa luta, é o caso de Paulinho as Sansuy, da Carmen de secr. Do Meio Ambiente, do Marcelo do Instituto Sócio – Ambiental (Isa), da Eliana (da assoc. Engenheiros da Sabesp), entre outros”, enfatizou. Alguns deputados foram vitais para a luta dentro do legislativo estadual, e ele cita: “Ênio Tatto, Mario Reali, Sebastião Almeida, Adriano Diogo, Renato Simões, Jorge Caruso, Romeu Tuma Jr., Rodolfo Costa e Silva, Giba Marson, José Galdino Crespo, Candido Vaccarezza, Ana Maria Martins e Paulo Sergio foram decisivos para que o projeto passasse por todas as instancias e fosse aprovada ainda em 2005”, completa.

Hoje, o Embu das Artes, no governo Chico Brito (que na época era secretário do governo Geraldo e Roberto) vive momento de desenvolvimento econômico e sustentável, com inclusão social, cultural e educacional graças a este projeto que é o alicerce do progresso da cidade. Novas indústrias e Parque Industrial estão nascendo, centro comercial desenvolvendo e até uma Universidade Federal, e brevemente, Faculdades Particulares estarão chegando. Roberto Terassi o pai do desenvolvimento sustentável de Embu das Artes acredita no potencial da cidade e nos gestores inovadores e inteligentes. “Parabéns Prefeito Chico Brito”

RR (Repórter Ratual)

Matéria Publicada no Jornal O Ratual Edição 166

0 comentários:

Postar um comentário